Cartões RUTIS

Caros associados,

A RUTIS (Rede de Universidades da Terceira Idade) criou cartões nacionais para os alunos seniores, para os professores voluntários e dirigentes associativos.

Este cartão dará acesso a todas as instituições, museus e unidades hoteleiras com quem a RUTIS tem protocolos.

Os cartões têm a validade de três anos letivos.

As universidades podem colocar um autocolante (tipo vinheta) com a indicação do ano letivo.

– O cartão é em lâmina dupla, tipo Multibanco, com 8,5 cm por 5,5 cm.

– O verso do cartão fica ao dispor de cada UTI (Universidade de Terceira Idade) para colocar um texto, a morada, publicidade, parceiros ou pode deixar em branco.

– A identificação do utente é feita através de fotografia, nome e número do associado e a informação de se é aluno, professor ou dirigente.

Para a obtenção do cartão deve dirigir-se aos serviços administrativos da Arpe até ao dia 10 de março de 2015 e:

– Entregar uma foto (tipo passe) atualizada;

– Preencher a ficha de recolha de dados, de acordo com as instruções nela contidas.

Nota: A primeira edição do cartão é gratuita para o utente. O seu custo será suportado pela UTIARPE.


Aulas de Espanhol

INFORMAÇÃO

AULAS DE ESPANHOL

As aulas de Espanhol terão início no próximo dia 7 de janeiro de 2015 (4ªfeira), pelas 10:30, nas instalações da UTIARPE e serão lecionadas pela Drª Dolors Aymerich Barberà. A divulgação da introdução dessa disciplina, no curriculum do presente ano letivo, foi feita nas aulas, afixada nas instalações da UTIARPE e os alunos que já tinham frequentado essa disciplina, em anos anteriores, foram contatados telefonicamente. No entanto, como é difícil chegar a todos, esta informação vai também ser divulgada no Blog da Arpe e agradece-se a colaboração de todos na sua divulgação.

NOTA: As inscrições, nesta disciplina, continuam abertas.

A Diretora Pedagógica

Liliana Mineiro


Horário das aulas

A ARPE pede desculpa aos alunos da UTIARPE por ainda não ter publicado os horários das aulas do ano lectivo 2010/2011. Em breve actualizaremos esta informação no nosso site.


Abertas matriculas para Utiarpe 2010/11

Estão a decorrer as matriculas para Utiarpe até ao próximo dia 16 de setembro. As aulas começam no dia 06-10-2010.

Disciplinas: Artes decorativas, Filosofia, Psicologia, História, História de Torres Novas, Língua e Cultura Portuguesa, Ginástica, Informática nível 1, Informática nível 2, Inglês iniciação, Inglês continuação, Espanhol, Francês, Gerontologia.


Balanço do ano lectivo

Mais um ano lectivo chegou ao fim e, como todos os finais, também este tem direito a balanço. Nestas alturas, somos tentados a esquecer o menos bom e a enfatizar o que correu bem e o que nos trouxe felicidade, talvez porque isso nos ajuda a acreditar que somos (quase ) perfeitos e que controlamos todos os nossos actos e até mesmo alguns imprevistos. Às vezes esquecemo-nos que é a nossa memória das coisas que nos permite melhorar, avançar e crescer. E essa tem que manter-se viva, lúcida e geradora de mudança.
O ano lectivo da UTIARPE que agora acaba não foi fácil, nem para a Instituição, nem para os alunos, nem para os professores. Houve reajustamentos, reformulações, o status quo foi questionado, as diferenças foram confrontadas e, no final, saímos todos mais fortes e orgulhosos do sentido de responsabilidade e total dedicação com que todos os pequenos diferendos foram sendo ultrapassados. Não queria, pois, deixar de prestar a minha homenagem a todos quantos, desde a sua fundação, tornaram possível a UTIARPE que temos hoje e também a todos aqueles que, no presente, continuam disponíveis e empenhados na consecução dos ideais da Instituição deixar uma palavra de incentivo para que sigam em frente, com o trabalho e a audácia que lhes é peculiar.
Não resisto a referir aqui o nome a quem devo a minha entrada no mundo da UTIARPE – a professora Manuela Tolda. Não vou referir aqui as relações intitucionais que, por força dos cargos que detínhamos na altura, levaram ao protocolo assinado entre esta Universidade e a Escola Secundária de Maria Lamas; a minha homenagem à Manuela é pessoal e intransmissível: pelo entusiasmo, pela convicção dos seus ideais, pela sensatez, pelo conselho certo e, sobretudo, pela amizade.
Quanto ao âmbito restrito das minhas aulas e do grupo com que me tenho relacionado mais directamente, nos últimos anos, gostaria de me referir a ele não caindo em lugares-comuns porque tal seria uma enorme injustiça uma vez que, não ser “ comum” é a sua principal característica. Dizemos que a curiosidade é própria dos jovens e louvamo-la como sinal de não conformismo e sintoma de uma vivacidade compreensível e desejável nessa idade. Temos até, alguma tendência para acharmos que ela se vai perdendo com a idade, face ao choque de “ realismo” com que a vida nos vai presenteando. A verdade é que este grupo surpreende exactamente porque vai para além do óbvio, dos dados adquiridos e busca activamente respostas para as interrogações que lhes vão sendo colocadas por si próprios ou pelo mundo que os rodeia. Num mundo em que muita gente vive numa relativa indiferença sobre o que acontece à sua volta, este grupo precisa de se manter participante e informado, precisa de saber o que acontece aqui ao lado e do outro lado do mundo, quem decide, por que decide, de onde vimos, quem somos e para aonde vamos. E, sobretudo, centra grande parte da sua energia em perceber como é que cada um deles pode fazer a diferença. Esta postura face às aprendizagens faz deles alunos bem sucedidos que são o orgulho de qualquer professor: pelo seu empenho, assiduidade, e assinalável performance académica. Se, de facto, a importância das pessoas se mede pela falta que nos fazem , este é, sem dúvida , um grupo muito especial.